Receitas mais recentes

Perciatelli com Pão Ralado de Camarão e Alho

Perciatelli com Pão Ralado de Camarão e Alho

Ingredientes

  • 8 colheres de sopa de azeite, dividido
  • 2 xícaras de pão ralado fresco feito de pão francês
  • 8 dentes de alho picados, divididos
  • 1 1/4 libra de camarão grande não cozido, descascado e depilado
  • 1/2 xícara de salsa italiana fresca picada, dividida
  • 6 colheres de sopa de alcaparras drenadas
  • 4 colheres de chá (embaladas) de casca de limão ralada
  • 12 onças de perciatelli recém cozida (massa longa e oca), 1 xícara de água de cozimento de massa reservada

Preparação de Receita

  • Aqueça 3 colheres de sopa de óleo em uma frigideira grande antiaderente em fogo médio. Adicione pão ralado e metade do alho; Refogue até que as migalhas estejam douradas e crocantes, cerca de 10 minutos. Transfira para uma tigela média.

  • Polvilhe os camarões com sal e pimenta. Aqueça as 5 colheres de sopa de óleo restantes na mesma frigideira em fogo médio-alto. Adicione o camarão e o alho restante à frigideira; refogue até que os camarões fiquem opacos no centro, cerca de 3 minutos. Junte 1/4 de xícara de salsa, alcaparras e casca de limão. Adicione a massa cozida e 1/2 xícara de água reservada para cozinhar. Misture 1 xícara de pão ralado de alho, adicionando mais água de cozimento do macarrão, se estiver seco. Tempere com sal e pimenta. Polvilhe com o resto do pão ralado de alho e salsa.

Receita de The Bon Appétit Test Kitchen, Seção de Críticas

Asas De Frango Italiano Assado

Asas de frango assadas italianas são mais saudáveis ​​e uma alternativa deliciosa aos fritos!

Na maioria das vezes, gostamos de nossas asas desta forma, e elas são tão fáceis de fazer usando menos óleo e, ainda assim, temos a parte externa crocante do frango frito, mas frito no forno.

Eu marino-os e, em seguida, uso um dos nossos muitos estilos de 18 molhos para imersão de asas de frango!

Se você nunca tentou assar asas, ficará agradavelmente surpreso com o quão crocantes e macias elas são.

Com um pouco de erva italiana e sabor de alho nesta marinada fácil e fantástica, essas asas serão sua próxima nova maneira favorita de comê-las!

Basta rolar para baixo para imprimir a receita.


Savoring Simplicity

Melissa, no The Inspired Room, propôs um exercício interessante. Em uma postagem intitulada Balancing Act: Finding a Beautiful Life, ela procurou incluir seus leitores perguntando-lhes: "Você definiu alguma meta ou fez algum progresso esta semana em direção à vida que VOCÊ deseja?" Uma pergunta provocativa, de fato.

A palavra em que me concentrei em sua postagem estava no título, "Equilíbrio". O que é a vida se não é um ato de equilíbrio? Uma metáfora - circo de três anéis - vem à mente.

O equilíbrio é essencial para uma existência feliz e pacífica. Nos menos perspicazes entre nós - aqueles que nunca pensaram nessas coisas - uma voz primitiva sussurra que o contentamento reside em uma vida de moderação, variedade, equilíbrio em todas as coisas.

Minhas circunstâncias particulares neste momento particular da minha vida criam desafios significativos para esse fim, mas isso não pode ser dito de quase todas as vidas em qualquer época?

Mente, corpo e espírito. Como podemos dizer que um é mais importante do que outro, mas há momentos em que nos tornamos tão focados em uma coisa que outra inevitavelmente sofre. Não estou dizendo que isso é sempre ruim. Há momentos em nossa vida em que devemos dar total atenção a uma coisa, mas precisamos estar atentos para não permitir que esses momentos continuem por muito tempo.

Metas parecem muito intimidantes para mim agora, mas e os hábitos. Talvez eu pudesse fazer um esforço concentrado para mudar uma ou duas pequenas coisas. A repetição cria um hábito. Talvez eu possa encontrar esses momentos preciosos para me exercitar, para meditar, ou talvez eu tenha certeza de encontrar tempo para fazer algo que amo, algo que me preenche.

Esta é a época do ano para fazer um balanço, para avaliar, para nos perguntar se estamos vivendo o tipo de vida que imaginamos para nós mesmos em nossos momentos mais elevados de consciência? Estamos realizados em nossas carreiras? Nos sentimos valorizados? Somos bons com nossos entes queridos? Sentimo-nos confortáveis ​​por estar fazendo nossas escolhas de acordo com nossa ética e moral? Onde estamos financeiramente? Estamos gastando nosso dinheiro em coisas que irão melhorar nossas vidas, ou simplesmente comprando coisas sem razão e propósito por trás de nossas escolhas?

Ao avaliar todas essas coisas, sinto mais gratidão do que estresse. Sei que essas são as perguntas certas e cabe a mim garantir que estou sempre trabalhando para uma vida que dará as respostas certas nesta época do ano - todos os anos.


Rolar e amarrar

Eles ficam juntos facilmente na panela durante a fervura.

Costumo amarrá-los com barbante de açougueiro ou usar um palito de dente, como a mamãe costumava fazer.

De qualquer forma, o recheio fica por dentro e a lula fica macia e saborosa.


21 receitas de Bucatini que farão dele seu novo macarrão favorito

A massa italiana é uma das favoritas dos americanos. É fácil de cozinhar e há tantos tipos de pratos que você pode fazer com macarrão. O que você emparelha seu massa com, seja um simples molho de tomate, pesto ou uma variedade de carnes e vegetais, depende do formato de sua massa. Um dos nossos formatos de massa favoritos é o bucatini.

Bucatini é essencialmente um macarrão espaguete com um furo no centro. Como muitos macarrão italiano, o bucatini leva o nome de sua forma. Em italiano, "buco" significa "buraco". Então, por que você deve amar um macarrão com centro oco? Simples - a sensação na boca nessas longas e adoráveis ​​tiras de carboidratos é incomparável.

Como todas as massas, é melhor quando cozido em uma panela grande cheia de água fervente com sal. O tempo total de cozimento do bucatini é geralmente de 10 minutos, mas é feito quando a massa está al dente, então verifique. Se você planeja terminar o macarrão na frigideira grande onde está fazendo o molho, lembre-se desse tempo de cozimento para o cozimento do macarrão. Escorra bem o macarrão, mas guarde um pouco da água do macarrão. Algumas receitas de macarrão usam a água do cozimento do macarrão para ajudar o molho a se unir.

Seu molho de macarrão pode ser tão fácil quanto manteiga, suco de limão, pimenta do reino e parmigiano-reggiano. Ou jogue o bucatini em um punhado de pancetta torrada, regue com um pouco de azeite de oliva extra virgem e rale o queijo pecorino romano por cima. Quase tudo que você escolher para fazer com esse macarrão será delicioso, então divirta-se e seja criativo.

Precisa de ideias para experimentar o bucatini? Aqui estão 20 ótimos.


Massas / Receitas Double-Duty que são fáceis o suficiente para jantares de noite de trabalho, mas especiais o suficiente para entretenimento de férias

1 de 3 Uma das receitas apresentadas hoje combina espaguete ou linguine, salmão defumado em flocos, endro fresco, ervilhas e queijo parmesão em um molho de creme leve. Foto da crônica por Kat Wade estilo por Ethel Brennan Mostrar mais Mostrar menos

2 de 3 Abóbora, couve de Bruxelas, laranja e erva-doce são alguns dos sabores destacados nos pratos de massa do outono que são fáceis de fazer, mas têm um sabor especial o suficiente para a companhia. Foto da crônica por Jerry Telfer estilo por Ethel Brennan Mostrar mais Mostrar menos

Massa é o equivalente culinário de um barco salva-vidas. Quando as férias começam a cair e você está prestes a se afogar, um cache de massas rápidas pode se tornar seu salva-vidas na hora do jantar.

Rápido não significa espaguete com molho engarrafado, embora a maioria de nós tenha aberto sua cota de potes em tempos de desespero, e fácil não significa necessariamente enfadonho.

A equipe do Chronicle Food, junto com alguns de nossos colaboradores e grandes cozinheiros de massas, uniram forças para oferecer a você suas receitas favoritas de massa rápida. Além de simples de preparar, eles usam o melhor da fartura da estação - cogumelos porcini, acelga, couve-flor, erva-doce, abóbora e similares.

A redatora da equipe, Karola Saekel, combina ervilhas, endro fresco, salmão defumado e queijo parmesão em uma mistura rápida e fácil. Tara Duggan, nossa colunista Working Cook, gosta da combinação de fettuccine com camarão, erva-doce e laranja.

O crítico da equipe, Robin Davis, cria couves de Bruxelas e pancetta com orecchiette, uma receita da deliciosa salada servida na Gordon's House of Fine Eats em San Francisco.

Nossa colunista do Roving Feast, Marlena Spieler, cria Spaghettini com Autumn Squash e Red Chile Butter, além de um favorito da família - cappellini com rúcula, tomate cereja e manjericão.

Também conversamos com Donna Scala, a melhor chef de massas que conhecemos, para nos dar duas receitas atualmente no menu de seu restaurante, o Bistro Don Giovanni em Napa. Uma é a Pasta alla Gianni, onde a couve-flor tenra cozida é amassada com azeite, alho e flocos de pimenta para formar um molho simples, complementado por uma boa dose de Parmigiano-Reggiano. Ela também compartilha a rica Pasta alla Lina, uma receita que descobriu em uma recente viagem à Itália com o marido, Giovanni. Esta luxuosa mistura inclui linguiça esmigalhada, cogumelos porcini frescos e queijo.

Muitas dessas receitas são rápidas o suficiente para uma refeição noturna de trabalho, mas são tão deliciosas que podem facilmente se tornar um prato da empresa. De qualquer forma, eles o liberarão para os compromissos mais urgentes da temporada.

MACARRÃO CHINÊS COM CARNE DE 5 ESPECIARIAS E COGUMELOS SHIITAKE

Nesta receita da colunista Working Cook Tara Duggan, cogumelos shiitake e carne combinam perfeitamente com pó de 5 especiarias - uma mistura de partes iguais de anis estrelado moído, pimenta Szechuan, semente de erva-doce, cravo e canela. Pó de cinco especiarias e macarrão com ovo fresco asiático estão disponíveis nos mercados asiáticos e em muitos supermercados.

INGREDIENTES:

- 4 colheres de sopa de óleo vegetal - 4 dentes de alho picados

- 1 colher de chá de 5 especiarias em pó - 1 colher de sopa de manteiga - 1/4 libra de cogumelos shiitake frescos, com as tampas removidas e em fatias finas

- 1 colher de sopa de xerez seco ou vinho de arroz chinês - 1 libra de macarrão com ovo fresco estilo chow mein

- 2 cebolas verdes, cortadas em fatias finas

- 1 colher de sopa de sementes de gergelim (opcional)

INSTRUÇÕES: Comece a ferver uma grande panela de água com sal para o macarrão. Enquanto isso, ferva 2 1/2 xícaras de água em uma panela pequena. Adicione os shiitakes secos, tampe e cozinhe por 3 minutos. Escorra o líquido em uma tigela e esprema o líquido dos cogumelos para dentro da tigela. Reserve os cogumelos e o líquido separadamente.

Salgue os pedaços de bife. Aqueça 2 colheres de sopa de óleo em uma wok ou panela grande em fogo alto. Adicione metade do alho picado e o pó de 5 especiarias. Junte a carne e frite até dourar e apenas ficar cozido, cerca de 2-3 minutos. Retire a carne da frigideira com uma escumadeira e reserve.

Adicione a manteiga e 1 colher de sopa de óleo na panela. Adicione o alho restante e refogue, mexendo sempre, em fogo médio até perfumado, cerca de 1 minuto. Aumente o fogo para médio-alto e adicione os shiitakes frescos e secos com 1/2 xícara da água reservada para molho de cogumelos. Refogue, mexendo sempre, até os cogumelos ficarem macios, cerca de 3 minutos.

Retorne a carne para a panela e adicione o molho de soja e o xerez. Aumente o fogo e mexa por 1 minuto. Adicione o restante da água de molho de cogumelos (exceto as últimas colheres de sopa, que podem conter partículas de sujeira).

Enquanto isso, cozinhe o macarrão na panela grande de água fervente de acordo com as instruções da embalagem até ficar macio. Seque bem.

Retire a mistura de cogumelos da panela e reserve. Adicione a 1 colher de sopa de óleo restante na panela e coloque a panela em fogo alto. Adicione o macarrão e mexa por 1 minuto. Retorne a mistura de cogumelos e carne à panela. Mexa rapidamente para aquecer e decore com cebolinha e sementes de gergelim.

POR PORÇÃO: 708 calorias, 37 g de proteína, 68 g de carboidrato, 32 g de gordura (8 g saturada), 200 mg de colesterol, 454 mg de sódio, 4 g de fibra.

ESPAGUETE DE SALMÃO FUMADO

Para mimar o orçamento, o redator da equipe do Chronicle, Karola Saekel, usa guarnição de salmão defumado (disponível em muitos mercados), desde que não tenha cartilagem. Restos de salmão fresco escalfado em flocos também funcionam bem.

INGREDIENTES:

- 1 / 3- 1/2 xícara de creme ou meio a meio

- 3 colheres de sopa de parmesão ralado

- 120 a 120 gramas de salmão defumado, picado

- 2 colheres de sopa de endro fresco picado, opcional (não substitua o endro seco)

- Pimenta preta grosseiramente ralada a gosto - Sal a gosto, se necessário

- Rodelas de limão, para servir (opcional)

INSTRUÇÕES: Leve uma panela grande com água com sal para ferver e ferva o macarrão até ficar al dente. Enquanto isso, despeje o creme de leite em uma panela pequena e leve ao lume, sem ferver, misture o parmesão e conserve quente.

Coloque as ervilhas congeladas em uma peneira grande em uma tigela grande. Quando a massa estiver pronta, escorra-a na peneira sobre as ervilhas. (O calor do macarrão e da água vai cozinhar as ervilhas.) Reserve 1/2 xícara da água de cozimento do macarrão e descarte o resto.

Transforme o macarrão com as ervilhas em uma tigela quente. Adicione a mistura quente de creme de parmesão e mexa para cobrir o macarrão. Misture o salmão e o endro (se for usar), adicionando um pouco da água reservada do cozimento se a massa parecer seca. Adicione alguns grãos generosos de pimenta e experimente o sal - se o queijo e o salmão estiverem bastante salgados, nenhum sal adicional será necessário. Sirva imediatamente em tigelas de macarrão aquecidas, passando fatias de limão e mais queijo ralado à mesa, se desejar.

Serve 4 porções como entrada e 6 a 8 como aperitivo.

PORÇÃO POR ENTREE: 355 calorias, 16 g de proteína, 48 g de carboidrato, 10 g de gordura (6 g saturada), 37 mg de colesterol, 342 mg de sódio, 2 g de fibra.

LINGUINE COM FENNEL & amp ORANGE SHRIMP

Funcho cru e laranja são uma combinação maravilhosa em saladas sicilianas, e esses mesmos sabores se juntam aqui em uma massa com camarão da colunista da Working Cook, Tara Duggan. Se desejar, salve algumas das folhas de erva-doce e adicione-as aos raminhos de manjericão como enfeite.

INGREDIENTES:

- 1 1/2 libra de camarão puro ou camarão médio, descascado e limpo - 10 folhas de manjericão, picadas grosseiramente - 1 colher de sopa de casca de laranja picada - 1 libra de linguine - 1 xícara de caldo de galinha ou caldo de galinha com baixo teor de sal

- Suco de 1 limão - 1/2 xícara de creme de leite - 2 colheres de sopa de manteiga - Sal e pimenta a gosto - Raminhos de manjericão, para enfeitar

INSTRUÇÕES: Leve uma panela grande de água com sal para ferver para o macarrão enquanto prepara os outros ingredientes.

Aqueça o azeite em uma frigideira grande em fogo médio. Adicione a erva-doce e o alho e cozinhe por 1 minuto. Adicione o camarão, o manjericão e as raspas de laranja e cozinhe apenas até o camarão ficar rosa, cerca de 2 minutos. Retire a mistura de camarão da frigideira e mantenha quente.

Quando a água do macarrão estiver fervendo, adicione o macarrão e cozinhe até ficar al dente. Escorra e volte a colocar o macarrão na panela. Despeje o caldo de frango e o suco de limão na frigideira. Aumente o fogo e cozinhe por 3 minutos, mexendo para soltar os pedaços grudados no fundo da panela. Reduza o lume para médio, acrescente as natas e aqueça bem. Junte a manteiga e tempere com sal e pimenta. Despeje o molho na panela de macarrão cozido e mexa em fogo baixo até incorporado, cerca de 1 minuto.

Divida a massa em pratos de servir e cubra com quantidades iguais de camarão. Enfeite cada porção com um raminho de manjericão. Rende 4 porções.

POR PORÇÃO: 830 calorias, 44 g de proteína, 92 g de carboidrato, 31 g de gordura (12 g saturada), 263 mg de colesterol, 279 mg de sódio, 1 g de fibra.

PASTA ALLA GIANNI

Donna Scala, dona do Bistro Don Giovanni em Napa, é uma das melhores cozinheiras que conhecemos. Aqui está um dos favoritos dela.

INGREDIENTES:

- 1/2 xícara de azeite de oliva extra-virgem

- 4 dentes de alho, descascados e picados

- 1 / 4- 1/2 colher de chá de flocos de pimenta vermelha, a gosto

- 2 colheres de sopa de salsa italiana picada

- 3/4 xícara de queijo Parmigiano-Reggiano ralado

INSTRUÇÕES: Cozinhe os floretes em água fervente até ficarem macios. Retire do fogo e reserve.

Leve uma grande panela com água para ferver em fogo alto. Adicione sal suficiente para que a água tenha um sabor salgado. Adicione o macarrão e cozinhe até ficar al dente, cerca de 8 a 10 minutos. Escorra para manter quente.

Enquanto a massa cozinha, despeje o óleo em uma panela grande e aqueça em fogo médio. Adicione o alho e cozinhe, mexendo sempre, até dourar. Adicione as flores e tempere com sal. Use a parte de trás de um garfo grande e pesado para quebrar as florzinhas em pequenos pedaços. Mexa bem a couve-flor, cubra com óleo e amasse algumas florzinhas com as costas do garfo. Adicione o macarrão cozido, flocos de pimenta, salsa e queijo. Rende 4 porções.

POR PORÇÃO: 765 calorias, 24 g de proteína, 94 g de carboidrato, 33 g de gordura (7 g saturada), 12 mg de colesterol, 306 mg de sódio, 4 g de fibra.

FETTUCCINE ALLA LINA

INGREDIENTES:

- 1 libra de tomates frescos Roma

- 1/2 xícara de azeite de oliva extra-virgem

- 1 cebola roxa pequena, finamente cortada

- 1 colher de chá de alho fresco picado - 1/2 libra de porcini fresco, cortado em cubos de cerca de 1/4 de polegada - 3/4 libra de salsicha italiana leve

- 1 libra de fettuccine de ovo, de preferência da marca DeCecco

INSTRUÇÕES: Leve uma panela grande com água para ferver. Adicione os tomates e cozinhe por 2 minutos. Retire os tomates com uma escumadeira. Quando esfriar o suficiente para manusear, retire as cascas, esprema o suco e as sementes. Reserve a polpa de tomate.

Aqueça o azeite em uma panela grande e leve ao fogo médio, adicione as cebolas e cozinhe até ficarem macias. Transforme o fogo em médio-alto. Adicione o alho e o porcini refogue por 5 minutos. Adicione a linguiça e cozinhe até que a linguiça fique levemente dourada. Adicione a polpa de tomate, sal, pimenta e vinho branco. Reduza o fogo para cozinhar médio por mais 10 minutos. Continue quente. Leve uma grande panela com água para ferver. Adicione sal. Adicione o fettuccine e cozinhe até escorrer al dente e volte à panela. Adicione a mistura de porcini e parmesão. Misture e sirva imediatamente.

POR PORÇÃO: 1.321 calorias, 33 g de proteína, 96 g de carboidrato, 86 g de gordura (19 g saturada), 73 mg de colesterol, 825 mg de sódio, 3 g de fibra.

CAPPELLINI COM TOMATES DE CEREJA, ARUGULA & amp BASIL

Esta receita da colunista do The Roving Feast, Marlena Spieler, é deliciosa e quase infalível, ela diz - "mesmo se você estiver fazendo para uma multidão de 20 parentes famintos e o fogão apagar, como aconteceu comigo recentemente." Você pode adicionar algumas pitadas de pimenta em flocos e um punhado de frutos do mar e / ou abobrinha em juliana.

INGREDIENTES:

INSTRUÇÕES: Aqueça o azeite em uma panela grande de fundo grosso em fogo médio-alto. Adicione a cebola e refogue até amolecer. Adicione metade do alho e cozinhe até que amoleça. . Aumente o fogo e acrescente os tomates cereja. Cozinhe por 5 a 10 minutos ou até que os tomates amoleçam, mas não se quebrem.

Despeje o vinho e cozinhe em fogo alto até que o líquido quase evapore. Adicione os tomates enlatados e a pasta de tomate. Tempere com sal, pimenta e açúcar e mantenha quente ou em fogo baixo enquanto cozinha o macarrão.

Cozinhe o macarrão em água fervente com sal até que esteja macio ou al dente. Escorra o macarrão, reservando várias colheres de sopa da água do cozimento. (Este, aliás, é o segredo para fazer tudo funcionar junto.)

Misture a massa quente escorrida e cozida com o molho, o alho restante, a rúcula, o manjericão e uma ou duas colheres de sopa da água do cozimento. Misture o queijo que quiser e sirva imediatamente, com - se quiser - um fiozinho de azeite. Rende 4 porções.

POR PORÇÃO: 650 calorias, 20 g de proteína, 103 g de carboidrato, 14 g de gordura (2 g saturada), 4 mg de colesterol, 223 mg de sódio, 4 g de fibra.

ESPAGUETE COM SQUASH DE OUTONO & amp; MANTEIGA DE CHILE VERMELHA

Você pode adicionar 2 colheres de sopa de pimenta vermelha em cubos para dar um toque de cor nesta receita da colunista Marlena Spieler do Feast Itinerante. Sinta-se à vontade para substituir o espaguete por fettuccine.

INGREDIENTES:

INSTRUÇÕES: Leve uma panela grande com água com sal para ferver e adicione os pedaços de abóbora.

Enquanto a abóbora cozinha, amasse o alho com a manteiga, pimenta em pó, páprica, cominho, coentro, sal, pimenta e suco de limão. Deixou de lado.

Quando a abóbora estiver quase cozida, acrescente o espaguete e cozinhe em fervura até que o macarrão e a abóbora fiquem al dente. Escorra, reservando algumas colheres de sopa de água do cozimento do macarrão.

Misture o macarrão e a abóbora com a manteiga e o queijo, adicionando mais ou menos uma colher de sopa de água do cozimento do macarrão, se necessário, para misturar os ingredientes. Sirva imediatamente, enquanto está bem quente. Rende 4 porções.


Savoring Simplicity

Eu tenho um motivo oculto para postar essa reforma na lavanderia do porão. Estou muito interessado em experimentar este produto. É Rust-Oleum & # 8217s à base de água durável Revestimento de piso de cave EpoxyShield . Tem confetes como chips nele. Eles também fazem uma fórmula que resiste a manchas de óleo para pisos de garagem. É isso que estou interessado em tentar. Clique nas fotos para ver de perto.

Chamada de Cortina: Cubra as paredes do porão (e sugira a sensação de uma sala acima do solo) com cortinas costuradas de tecido externo, neste caso um tecido Kravet suíço pontilhado. Feito de acrílico, é resistente a mofo e rugas. Uma saia costurada com tecido de listras coloridas (e suspensa por arame e ganchos para os olhos) dá um toque de casa de fazenda.
Mesa multitarefa: Usando tábuas de pinho e pernas de ilha de cozinha de 36 polegadas de altura de www.tablelegs.com, construí um longo local de pouso para roupas que precisam ser dobradas. É alto o suficiente para que a pequena lavadora e secadora de carregamento frontal fiquem embaixo dela.
Estação Sink: Com acabamento em aço inoxidável e equipado com pia e torneira embutidas, o console Udden elegante da IKEA equilibra o ambiente e o visual doce do # 8217.

Confira o artigo completo e todas as fotos "antes e depois" no Country Home.


Os 44 melhores pratos de massa que você pode comer em N.J.

Hoje é oficialmente o Dia Nacional do Macarrão, mas não é dia de macarrão praticamente todos os dias?

O consumo anual de massa per capita é de cerca de 20 libras nos EUA (é de 51 libras na Itália).

Existem impressionantes 600 tipos de massa de acordo com a National Pasta Association, os tipos mais populares são espaguete, espaguete fino, macarrão de cotovelo, rotelle, penne e lasanha.

Aqui está uma lista dos meus pratos de massa favoritos em Nova Jersey, uma saborosa mistura de massas, molhos e restaurantes, do sofisticado ao casual. É uma atualização de uma lista que apareceu no ano passado, com 11 novos pratos adicionados.

Peter Genovese | NJ Advance Media para NJ.com

Osso Bucco, Mulberry Street Restaurant, Woodbridge

Queda de microfone, queda de queixo, algo assim. O osso bucco sobre pappardelle na Mulberry Street é uma torre saborosa de carne, macarrão e molho - sua foto será um sucesso garantido no Facebook e Instagram entre amigos invejosos. Também adoro a lasanha à bolonhesa assada aqui.

Di Pomodoro com penne, Augustino e # x27s Kitchen & amp Bar, Hoboken

Conseguir uma mesa no Augustino de 24 lugares somente em dinheiro & # x27s não é fácil, mas você será recompensado com um serviço amigável e comida de primeira classe. As costeletas de porco são lendárias e o zuppe di pesce, mostrado aqui, é incrível - mas para massas, experimente o di Pomodoro com penne, uma combinação supremamente satisfatória de macarrão, presunto e cebola em molho de tomate e ameixa.

Alex Remnick I NJ Advance Media para NJ.com

Rigatoni alla Disgraziata, Zeppoli, Collingswood

Zeppoli em Collingswood é um dos restaurantes italianos mais aclamados chef / proprietário de Nova Jersey, Joey Baldino, três vezes semifinalista do prêmio James Beard. O cardápio é de influência siciliana, e o Rigatoni Disgraziata, com migalhas de berinjela, tomate, ricota, salata e manjericão, mostra o toque rústico e requintado do Baldino & # x27s.

Saed Hindash I NJ Advance Media para NJ.com

Macarrão com molho primo, Chick and Nello & # x27s Homestead, Hamilton

Chick and Nello & # x27s Homestead, em uma casa do século 19, é um dos restaurantes italianos mais exclusivos de Nova Jersey. Teimosamente old school, com um bar de madeira escura logo na entrada e uma pequena sala de jantar um degrau abaixo, o Homestead oferece um pequeno cardápio - cinco aperitivos, sete molhos, três tipos de massas - mas boa comida. O molho primo é uma combinação saudável do molho da casa (ragu de porco) e aglio e olio.

Alex Remnick I NJ Advance Media para NJ.com

Ravioli de coelho refogado, Bottagra, Hawthorne

Ravioli de coelho - meio que sai da língua, não? Uma vez por mês, aos domingos, Bottagra oferece um brunch de bacanal durante todo o dia, o resto da semana, o restaurante é muito mais tranquilo. O ravióli de coelho refogado para derreter na boca é um dos muitos pratos de destaque. Também se recomendam as massas St. Giuseppe e a costela siciliana. E o zeppole, com molho de chocolate, pode ser o melhor que você jamais terá.

Peter Genovese | NJ Advance Media para NJ.com

Gnocchi Pomodoro, Sapore Italiano, West Cape May

Algo sobre molho de tomate e nhoque sempre faz meu barco de massas flutuar. O nhoque pomodoro no Sapore Italiano foi um dos sucessos surpresa de nossa busca épica pelo melhor restaurante italiano N.J. & # X27s. O prato é a prova de que você não precisa de uma longa lista de ingredientes para fazer uma refeição profundamente satisfatória.

Saed Hindash I NJ Advance Media para NJ.com

Pappardelle Rustica, Paisano & # x27s, Rutherford

Paisano & # x27s em Rutherford oferece uma variedade de pratos do norte e do sul da Itália em um ambiente casual e confortável. A massa que se destaca é pappardelle Rustica, mostrada aqui, em uma bolonhesa generosa. Quase tão bom: a costela com nhoque. Uma sobremesa imperdível: o semifreddo. Não procure, basta fazer o pedido.

Molho de domingo, Kitchen Consigliere, Collingswood

Vamos deixar de lado por um momento todo o debate sobre molho x molho. Mas se você não quiser mexer com um ex-mafioso, você vai chamar de & quotgravy & # x27 & # x27 no The Kitchen Consigliere. O chef executivo / proprietário Angelo Lutz era um associado da família do crime de Merlino. Ele cumpriu pena de prisão sob uma acusação de extorsão, agora ele prepara pratos saborosos e simples em seu restaurante italiano casual. O molho de domingo é uma produção séria - almôndega e linguiça frita, entrecosto frito e assado, braciole frito, tomate, óleo, queijo Fontina.

Alex Remnick I NJ Advance Media para NJ.com

Lasanha Napoletana, Trattoria la Sorrentina, Bergen do Norte

Parece quase perfeito, não é? A Trattoria la Sorrentina pode ser mais conhecida por sua pizza, mas seus pratos de massa são imperdíveis. A lasanha é cuidadosamente construída, um sucesso picante e extravagante (tanto ricota quanto mussarela).

Peter Genovese | NJ Advance Media para NJ.com

Camarão scampi, restaurante italiano Vic & # x27s, praia de Bradley

Você não precisa ir a um restaurante chique para comer uma boa comida italiana. Vic & # x27s é uma lendária pizzaria de massa fina, mas não durma em seus pratos de massa. O camarão scampi é uma delícia simples e irrestrita - o camarão e o macarrão são preparados na hora. Como aperitivo, os mexilhões marinara são altamente recomendados.

Agnolotti di cacao, Luca & # x27s Ristorante, Somerset

Quase escondido em um shopping center de aparência comum, Luca & # x27s, administrado por Andrea DiMeglio, não é um restaurante italiano comum de bairro. Seria fácil escolher o Gnocchi Genovese aqui como meu prato de destaque, mas eu recomendo o agnolotti di cacao, um ravióli de cacau recheado com abóbora assada.

Peter Genovese | NJ Advance Media para NJ.com

Linguine com molho de amêijoa branca, LuNello, Cedar Grove

LuNello é um dos santuários santificados de restaurantes italianos de Jersey & # x27s, mas eles não se importam de se divertir de vez em quando. Afinal, este é o restaurante onde a estrela do Real Housewives of New Jersey, Teresa Giudice enlouqueceu e virou um episódio. Existem pratos de massa mais requintados no LuNello, mas o linguine com molho de amêijoa é um prato simples executado na perfeição.

Belo fim de semana no pátio! As vagas são limitadas e as reservas são recomendadas, então visite-nos no Open Table agora. https://m.opentable.com/restaurants/bistro-di-marino/28258?rid=28258

Postado por Bistro di Marino na sexta-feira, 6 de julho de 2018

Gnocchi misto, Bistro di Marino, Collingswood

Provavelmente nenhum restaurante N.J. fica obcecado por nhoque como o Bistro di Marino - apenas sete tipos estão no menu, incluindo nhoque pomodoro, nhoque gorgonzola e nhoque de berinjela. Pegue o caminho mais fácil e peça o Gnocchi Misto, onde você pode escolher qualquer um três.

Peter Genovese | NJ Advance Media para NJ.com

Malloreddus, da Filippo, Somerville

Filippo Russo e sua esposa, Berti, abriram uma pequena loja em 1988. Hoje, da Filippo é mais espaçosa e toalhas de mesa brancas cobrem as mesas. Mas abafado não quando ele termina na cozinha, Russo sempre sai e toca piano para seus clientes. Experimente o Malloreddus, um nhoque especial ao estilo da Sardenha coberto com camarão.

Peter Genovese | NJ Advance Media para NJ.com

Spaghetti arrabiata, Scalini Fedeli, Chatham

Chame o Scalini Fedeli de o lugar perfeito para aquele almoço energético de um restaurante italiano, com seu ambiente tranquilo, rosado e com colunas. O espaguete arrabiata é um casamento adorável e animado de cogumelos, azeitonas pretas e anchovas espanholas em um molho picante de tomate e manjericão.

Peter Genovese | NJ Advance Media para NJ.com

Bucatini Amatriciana, Spano e # x27s restaurante italiano, Point Pleasant Beach

Spano & # x27s, o vencedor da escolha do leitor & # x27s em nosso confronto de Melhor Restaurante Italiano N.J. & # X27s, oferece quase 20 pratos de massa (não incluindo especiais), elaborados a partir do histórico do proprietário Joe Spano & # x27s. (Sua família mãe é de Nápoles, seu pai é de Bari.) Bucatini Amatriciana pega uma de minhas massas favoritas, adicionando guanciale (papada de porco curada) e cebolas em um rico molho de tomate.

Saed Hindash I NJ Advance Media para NJ.com

Pappardelle con ragu di cinghale, ITA101, Medford

Kevin Maher, feito por um menino local, cozinha pratos simples e autênticos de toda a Itália no ITA101, a cada fim de semana, uma região diferente é apresentada. Eu poderia facilmente escolher meia dúzia de pratos aqui. Vou com o pappardelle con ragu di cinghale, massa artesanal jogada em um ragu de javali cozido lentamente.

Alex Remnick I NJ Advance Media para NJ.com

Rigatoni Bolognese, Cafe 2825, Atlantic City

Vencedor de nosso confronto N.J. & # X27s de Melhor Restaurante Italiano, o Cafe 2825 permanece relativamente fora do radar mais de 30 anos após a inauguração. Atmosfera da velha escola, restaurantes sofisticados, o Cafe 2825 é pequeno e aconchegante. É absolutamente necessário pedir a mussarela feita ao lado da mesa, depois um prato de carne ou massa, como o fantástico Rigatoni Bolognese.

Caranguejos Jumbo Soft Shell picantes hoje. Estão na temporada AGORA!

Postado pelo restaurante Di Palma Brothers na sexta-feira, 27 de julho de 2018

Molho de domingo, Restaurante Di Palma Brothers, North Bergen

Um pioneiro no restaurante italiano mais excêntrico de Nova Jersey, Di Palma Brothers é tanto um restaurante quanto uma loja de antiguidades. Pinturas, armários, urnas, estatuetas e muito mais rodeiam as mesas com toalhas brancas. No Twitter, um fã falou sobre o molho especial de domingo & quotfantastic & # x27 & # x27, uma enorme tigela de molho vermelho, geralmente ziti ou rigatoni, embalada com almôndegas, linguiça e braciole.

Peter Genovese | NJ Advance Media para NJ.com

Polpette della Nonna, Senza, Bayville

Ei, não torça o nariz nos restaurantes italianos do strip mall. Alguns dos melhores pratos do estado podem ser encontrados lá. Joe Gramaglia, mostrado aqui, é o afável chef / proprietário da Senza. Apesar do ambiente, não há pratos clichês aqui. As polpette della Nonna são almôndegas assadas lentamente sobre cavatelli da Sardenha com molho de ricota de tomate.

Saed Hindash I NJ Advance Media para NJ.com

Gnocchi Osso Bucco, Toscana Ristorante, Bordentown City

Bordentown City é um destino de jantar negligenciado Oliver A Bistro e HOB Tavern são altamente recomendados. As costeletas de porco em forma de borboleta no Toscano são fenomenais, mas se trata de macarrão, então vou delirar com o osso bucco nhoque. Ótimo acompanhamento: Emma & # x27s Meatballs.

Peter Genovese | NJ Advance Media para NJ.com

Pappardelle com ragu de porco, Laico & # x27s, Jersey City

Laico & # x27s está na pequena lista das lendas italianas da velha guarda de Jersey, embora boa sorte em encontrar uma vaga no bairro residencial (estacionamento com manobrista disponível). Lou Laico, mostrado aqui, preside a cozinha, preparando pratos simples, diretos, mas nunca enfadonhos, incluindo o pappardelle com ragu de porco.

Alex Remnick I NJ Advance Media para NJ.com

Filetto Pomodoro, Vidalia, Lawrenceville

Vidalia foi um dos 10 finalistas em nosso confronto de melhor restaurante italiano N.J. & # X27s. & quotMinha filosofia é comida simples - não & # x27t a afogue em molhos & # x27 & # x27 diz o chef / proprietário Salvatore Scarlata. Nunca consigo obter tomates suficientes na minha vida, por isso o filetto pomodoro é uma boa escolha aqui. Economize espaço para a incrível torta de creme brulee.

Fusilli with brócolis rabe and sausage, Guerriero & # x27s, Morristown

& quotÉ como estar na casa da vovó & # x27s & # x27 & # x27 é o lema da Guerriero & # x27s, mais um daqueles assombrados italianos da velha guarda que Jersey parece fazer melhor do que qualquer outra pessoa. O braciole é o especial na quarta-feira, e ossobuco de porco na quinta. Neapolitan-stye dishes dot the menu the fusilli, with imported fresh Italian pasta, is a great place to start.

Bootzin, Porta, Asbury Park

It sounds like cheap table wine, or maybe some trendy imported shoe, but Bootzin is a delectable dish with oriechette, San Marzano tomatoes, sausage, cherry peppers, olives and parmigiano Reggiano at Porta, a lively space with exposed ductwork and picnic table seating. Porta made its rep on pizza, but you'll want to try the pasta, and the housemade meatballs and mozzarella.

Saed Hindash I NJ Advance Media for NJ.com

Gnocchi, Filomena Lakeview, Deptford

Don't mess with Grandma. Filomena DiVentura, 80-plus years old and stay out of her way, makes the gnocchi every Sunday for Filomena Lakeview and two sister restaurants. The gnocchi features mini-heirloom tomatoes, fresh basil, extra virgin olive oil and parmigiano cheese. Grandma knows what she's doing.

Maltagliata Pugliese, Pasta Dal Cuore, Jersey City

Pasta Dal Cuore, owned by Elena Cartagena, offers both fresh pasta to go and sit-down dining. Maltagliata are a thin-strip pasta often used in minestrone soup. The Maltagliata Pugliese features the "whimsically cut'' thin pasta with sausage, broccoli rabe, pecorino and red pepper flakes.

Peter Genovese | NJ Advance Media for NJ.com

Shrimp and pasta with chile pepper, Via 45, Red Bank

It's difficult standing out in restaurant-mad Red Bank, but Via 45 does just that with its country-rustic decor and singular food. The compact menu belies the depth of the dishes. The calamari, for one, turns that most cliched of appetizers on its head, and the shrimp and pasta with chile pepper makes an ordinary-sounding dish something special.

Pappardelle, Tutto A Modo Mio, Ridgefield

Broad, flat noodles similar to wide fettucine, pappardelle may lurk in the shadow of linguine, lasagne and other popular pastas, but it's great at enveloping sauces and meat. ("Pappare'' means "to gobble up.'') Tutto A Modo Mio is a BYOB restaurant showcasing southern Italian dishes. The homemade pappardelle rests in a braised short rib ragu.

Fettucini with artichokes, escarole, roasted peppers, olives, tomatoes, Caffe Aldo Lamberti, Cherry Hill

Aldo Lamberti is a South Jersey restaurant legend he owns Caffe Aldo Lamberti and is a partner in eight other restaurants. There's a ravioli of the day, and other enticing pasta dishes, but go with the fetttucine with artichokes, escarole, roasted peppers, olives and tomatoes. It tastes as great as it sounds.

Alex Remnick I NJ Advance Media for nj.com

Linguine Fresche con Nduya, Il Capriccio, Whippany

Il Capriccio has long been regarded as one of the state's premiere Italian restaurants Cody Kendall, in her review, called the food "beautifully prepared but not contrived.'' It's not easy picking one pasta from the wide-ranging menu, but we'll go with the Linguine Fresche con Nduya, with garlic, oil and spicy Calabrese homemade nduya (sausage).

Saed Hindash I NJ Advance Media for nj.com

Duo gnocchi, Annata Wine Bar, Hammonton

Hammonton is not just the blueberry capital of the world, it's one of the state's unheralded dining destinations. Annata Wine Bar - youɽ never guess this was a former auto parts store - features hundreds of bottles of wine, reds on one side, whites on the other. The Duo Gnocchi is my favorite dish, housemade potato gnocchi in a sage brown butter sauce and housemade spinach and ricotta gnocchi in a creamy basil tomato sauce.

Yummmmmm

A post shared by Robert W Blazer III (@blazeriii) on Aug 11, 2018 at 10:17am PDT

Pasta al Forno, Brando's Citi Cucina, Asbury Park

Brando's is one of the Shore's most highly regarded Italian restaurants it earned the top spot on Bobby Olivier's ranking of all 35 Asbury Park restaurants. Pasta al Forno is a delectable dish of fusilli pasta, pancetta and shallots in a brandy cream sauce, topped with radicchio and baby shrimp, finished with mozzarella and basil - and served in a foil pouch.

Rigatoni vodka sauce, Al Di La, East Rutherford

"Best vodka sauce in New Jersey'' is the modest claim at Al Di La, an intimate Italian restaurant. It's a time-honored family recipe, so you know they haven't changed it one bit over the years. Steps away is Vesta Wood-Fired Pizza, one of the state's best pizzerias.

Casarecce Arrabbiata, Angelica's, Sea Bright

Angelica's was destroyed by Hurricane Sandy and re-built from the ground up, re-opening nearly a year later. Chef Ray Lena, who grew up in Long Branch, said he "never left the kitchen'' when younger, learning the culinary arts from his mother, grandmother, aunts and great aunts. Pastas are homemade, and the casarecce (short rolled-up noodles with a groove down the middle) arrabbiata is an eye-opening delight, with spicy pomodoro sauce, hot cherry peppers, basil and pecorino.

Robert Sciarrino I The Star-Ledger

Tagliolini bolognese, Brick Oven, Westfield

Tagliolini is not the same as tagliatelle the former is cylindrical and thinner. The tagliolini Bolognese at popular neighborhood spot Brick Oven is Italian comfort food: green noodles in a meat sauce with parmesan cheese baked on top.

Spaghetti and white clam sauce, Merrill's Colonial Inn, Belcoville

Spaghetti and white (or red) clam sauce screams New Jersey, and few do it better than the rambling old-school Merrill's Colonial Inn. Dorothy Merrill, known to all as "Mommy Merrill,'' opened the restaurant in 1959 with her husband, Alfred. "Mommy'' passed away last October. (Her husband had passed years earlier.) Angel, her daughter, has taken over, and nothing has changed. "I LOVE theirs.'' @pubappetizers tweeted. "Even better than my own and my mama's! (Thank god my mother's not on twitter LOL).''

Bowtie Rustiche, Justin's Ristorante II, Wood-Ridge

Wood-Ridge is one of the state's great under-the-radar food towns, with Justin's II adding refined fare to the town's great casual dining vibe (Buffalo's Chicken, Jersey Pizza Co., Chok-Dee, Thai Corner, etc.). Justin's Bowtie Rustiche takes the under-appreciated bowtie pasta and pairs it winningly with broccoli rabe, sun-dried tomatoes and sweet sausage in a light olive oil and garlic sauce.

Bucatini al filetto di pomodoro, Davia, Fair Lawn

It would have been so easy to go with the Capellini Genovese at Davia, but instead I'll choose the bucatini, also known as perciatelli, one of my favorite pastas. Its thickness makes for a textural delight. The bucatini al filetto di pomodoro combines prosciutto, garlic, onion, basil and plum tomato for a simple, savory dish.

Peter Genovese | NJ Advance Media for NJ.com

Stuffed rigatoni and sausage fra diavolo, D'Italia, Avenel

Ignore the diner-like atmosphere there's some good cooking going on at D'Italia. The stuffed rigatoni (you had me right there) and sausage fra diavolo is my favorite dish here.

Mafalde with vodka sauce, Pasta Volo, Asbury Park

Ignore the Chinese food-like takeout containers at Pasta Volo the store has attracted a fanatical following for its homemade pasta, which you can buy dry or prepared with choice of nine sauces, seven cheeses, and 10-plus toppings. Can't decide? Order the mafalde (a ribbony noodle) with vodka sauce.

Spaghetti alla chitarra, Osteria Morini, Bernardsville

Osteria Morini is in the top rank of Italian restaurants, and for excellent pizza, you need go no farther than next door to way-more-casual Nicoletta, with the same ownership. (You can get several of Nicoletta's pizzas at Osteria Morini.) Start with the Calabrese wings and proceed to the spaghetti alla chitarra, with lobster, shrimp pomodoro, chile and garlic. "Fresh pasta, perfectly cooked shrimp and then they stir in some fresh herbs at the end,'' @granolamonsoon enthused on Twitter. "It tastes bright and fresh.''

Peter Genovese | NJ Advance Media for NJ.com

Ravioli, Boniello's, Riverdale

We must include ravioli somewhere on this list. (As a kid, I set a family record for most ravioli in one sitting.) Boniello's makes just about the biggest ravioli on earth, but this is more about taste than size. The marinara sauce is just right, and don't forget to order Vikki's homemade rice balls.


Aglio e Olio: The One Pasta Sauce You Absolutely Must Know

If there were a pasta bible, the first line would read, "In the beginning, God created aglio e olio." Historically, that line wouldn't really be accurate, since the evidence doesn't support the idea that garlic (aglio) and oil (olio) were the original accompaniments to pasta. Mas structurally—and by that I mean the way most pasta sauces today are cooked—aglio and olio are almost always the first step. A partir de arrabbiata to marinara, alle vongole para puttanesca, each sauce begins by gently cooking garlic in oil. Even pesto, which is never cooked, has at its base a purée of garlic suspended in oil.

The beautiful thing about those two building blocks, though, is that not only are they essential components of so many other sauces, but they also make one of the greatest pasta sauces all on their own. Aglio e olio, I think it's safe to claim, is the simplest pantry-staples-only pasta sauce in the entire Italian canon. You don't even need cheese—in fact, some would argue cheese isn't a welcome addition. If you have spaghetti, garlic, salt, and oil, you can make this pasta right now.

Given its ease, you'd think aglio e olio would be a much more widely known pasta sauce. In Italy, it is. Most Italians I've met get misty-eyed when they speak of it, recalling childhoods full of after-school bowls of aglio e olio whipped up by their beloved mammas. In the United States, though, it's not on most people's radar, despite this country's deep pasta obsession—which is a shame.

Making it couldn't be easier, though it still requires attention to the basic method for finishing almost any pasta dish. It starts by gently cooking garlic in a skillet with olive oil until it's very lightly golden. I often add a pinch of red pepper flakes, which technically makes the dish aglio, olio, e peperoncino. They add a pleasant, warm heat without overcomplicating the basic garlic-and-oil flavor.

While the garlic quietly sizzles, the pasta should be boiling away in a separate pot of salted water. (Not salty like the sea, which is 3% salinity 1%, or roughly one tablespoon per quart or liter of water, is about all you want.) You need only enough water to sufficiently cover the pasta and give it some room to move around. That can mean a large pot with the pasta dropped in vertically, or a wide, large skillet with the pasta on its side.

As soon as the pasta is just shy of al dente, transfer it to the skillet with the garlic and oil. Then add a few tablespoons of the pasta water and cook it all together over high heat, stirring and tossing rapidly, to emulsify the oil with the starchy pasta water.

It's ready when the sauce reduces to a creamy coating on the noodles. If you over-reduce it and the sauce becomes too oily, you can always add a little more pasta water to get it back where you want it. A drizzle of fresh olive oil reintroduces its uncooked, fruity flavor.

If you're dead set on adding grated cheese, this would be the time to do it, though I'd encourage at least trying it without first. I'll sometimes add a little minced parsley if I have some on hand, but even that is optional.


If a recipe calls for bucatini and you can't find it at the store, you can substitute with spaghetti, spaghettoni (thicker spaghetti), or fettuccini in a pinch. While you won't be able to slurp up the pasta in the same way, the sauce and pasta will still be a satisfying meal. For heavier, meatier sauces, swap in penne or another tubular pasta. The wide holes will help capture the thick sauce.

One of the most common sauces to serve with bucatini is the classic Amatriciana sauce (making a dish called bucatini all'Amatriciana). It is traditionally made with guanciale, a type of Italian cured meat taken from the pork jowl. Bucatini also pairs wonderfully with a creamy carbonara sauce or cacio de pepe (cheese and pepper).


Assista o vídeo: Risoni med sitron og reker (Dezembro 2021).