Receitas mais recentes

Ensopado irlandês da mãe

Ensopado irlandês da mãe

Ingredientes

  • 2-3 quilos de pescoço ou ombro de cordeiro
  • Bouquet de salsa, tomilho e folha de louro (amarrados)
  • 3 cebolas grandes, finamente picadas
  • Sal, como o sal rosa do Himalaia, a gosto
  • Pimenta preta moída na hora, a gosto
  • 3-4 cenouras, picadas em pedaços pequenos
  • 1 nabo pequeno, picado em pedaços pequenos
  • Batatas pequenas, descascadas e esquartejadas
  • 1/2 xícara de creme
  • 2 ½ - 3 ½ onças de repolho picado
  • Salsa bem picada
  • Pão de soda com manteiga, para servir

Instruções

Retire a carne do osso, retire toda a gordura e corte em cubos grossos.

Guarde os ossos, coloque a carne em uma panela e cubra com água fria salgada. Deixe ferver e escorra.

Em uma panela fresca, coloque a carne, os ossos, o buquê de ervas, cebola, sal, pimenta, cenoura, alho-poró e nabo e cubra com água. Cozinhe suavemente por uma hora.

Retire a espuma à medida que sobe.

Adicione as batatas e as natas e continue cozinhando por 25 minutos.

Nos últimos 10 minutos, acrescente o repolho.

Quando a carne e os vegetais estiverem cozidos retire os ossos e o buquê de ervas.

Junte a salsa picada.

Sirva em tigelas grandes com pão soda ou qualquer pão fresco com manteiga.


Ensopado irlandês

O prato irlandês por excelência, o ensopado irlandês pode provocar discussões acaloradas entre as pessoas na Irlanda sobre seus ingredientes. Eles variam muito de receita para receita, mas todos concordam que a carne é sempre de cordeiro (ou carneiro) e deve haver cebola e batata.

Também há um consenso geral de que se você usar carne, adicionar Guinness ou, horror dos horrores, uísque, é outra coisa & # 8211 chame do que quiser, mas não chame de ensopado irlandês!

Depois disso, as coisas divergem. A maioria das pessoas diz que a cenoura é obrigatória (eu sou uma delas), outras também acrescentam uma ou mais ervilhas, nabo, nabo ou aipo. O verdadeiro purista insistirá que também deve conter cevada pérola, mas isso não seria comum hoje em dia, pelo menos.

A carne utilizada não é dos melhores cortes de cordeiro, mas sim dos mais baratos.

Esta era a comida do comum, dos pobres, das pessoas e esses são os únicos cortes que eles teriam disponível. Na verdade, originalmente teria sido carneiro, mas não há nenhum açougueiro que eu conheço que admita vender carneiro atualmente.

Em qualquer caso, esses cortes são mais saborosos e o tempo de cozimento longo e lento significa que a carne está tenra de derreter no prato final.

A imagem logo acima foi tirada do nosso jantar esta noite, e a receita abaixo é a que usamos para fazê-lo. E muito delicioso também!

Ingredientes

  • 1 lb de ombro de cordeiro, cortado em cubos
  • 3 batatas médias ou 4 grandes
  • 2 cebolas médias, picadas grosseiramente
  • 2 cenouras grandes, cortadas em pedaços bem grossos
  • 3 xícaras de caldo
  • Pequena noz de manteiga
  • Salsinha
  • 2 folhas de louro
  • Raminho de tomilho
  • 1 osso de cordeiro, quanto maior, melhor
  • Sal e pimenta

O osso de cordeiro é opcional, mas adiciona muito sabor. Ele também adiciona gordura, portanto, se você usá-lo, precisará desengordurar o líquido do cozimento antes de servir o ensopado. Veja os detalhes abaixo.

Para o caldo, frango ou vegetais servem, o cordeiro é o ideal. Se você estiver usando cubos de caldo em vez de caldo feito em casa, omita o sal ao temperar & # 8211 eles já tendem a ser muito ricos em sal.

Você vai precisar de uma caçarola grande com uma tampa bem ajustada. Pré-aqueça o forno a 375ºF (190ºC / Gas Mark 5).

Dá para 3-4 pessoas para uma refeição leve. Sirva com pão fresco para enxugar o delicioso suco.

Método

Numa frigideira, derreta a manteiga em temperatura alta e frite a carne até dourar, cerca de 3-5 minutos. Transfira para a caçarola. Frite as cebolas na mesma frigideira por cerca de um minuto ou dois, retire-as para a caçarola antes de começarem a dourar.

Despeje metade do caldo na panela, aumente o fogo o máximo que puder e raspe a panela enquanto o caldo ferve para obter todo o suco da carne. Despeje as duas porções de caldo sobre a carne e a cebola, acrescente as folhas de louro, o tomilho e a espinha de carneiro. Tempere com um pouco de sal e pimenta. Cubra e leve ao forno por cerca de 45 minutos a uma hora.

Enquanto isso, descasque as batatas e corte as batatas médias em três pedaços e as grandes em 4 ou 5.

Retire o guisado do forno. Junte as cenouras, misturando bem com a carne, depois coloque as batatas por cima do guisado. Volte ao forno e cozinhe por mais 45 minutos ou mais & # 8211 verifique se isso é feito testando se as batatas estão cozidas.

Antes de servir retire e descarte o osso, o tomilho e as folhas de louro. Retire o líquido do cozimento e deixe repousar alguns minutos. Isso trará a gordura para o topo e permitirá que você a remova.

Eu faço isso colocando-o em uma tigela e colocando folhas duplas de papel de cozinha suavemente na superfície. Eles absorvem a gordura muito bem. Pode demorar 3-4 tentativas para remover tudo, dependendo de quão gorduroso era o osso.

Volte o líquido desengordurado ao ensopado, misture as batatas com o resto do ensopado e misture um punhado de salsa picada grosseiramente. Volte ao forno por cerca de 10 minutos.

Observe que o molho não está engrossado & # 8211 se você pegar um guisado com um molho espesso, pode ser muito bom, mas não é ensopado irlandês!

Existem duas maneiras pelas quais as pessoas lidam com este delicioso líquido em seu prato de jantar & # 8211 algumas pessoas amassam um pouco da batata nele para engrossar, outras deixam para o fim e depois enxugam com um pouco de pão.


Ensopado irlandês

O prato irlandês por excelência, o ensopado irlandês pode provocar discussões acaloradas entre as pessoas na Irlanda sobre seus ingredientes. Eles variam muito de receita para receita, mas todos concordam que a carne é sempre de cordeiro (ou carneiro) e deve haver cebola e batata.

Também há um consenso geral de que se você usar carne, adicionar Guinness ou, horror dos horrores, uísque, é outra coisa & # 8211 chame do que quiser, mas não chame de ensopado irlandês!

Depois disso, as coisas divergem. A maioria das pessoas diz que a cenoura é obrigatória (eu sou uma delas), outras também acrescentam uma ou mais ervilhas, nabo, nabo ou aipo. O verdadeiro purista insistirá que também deve conter cevada pérola, mas isso não seria comum hoje em dia, pelo menos.

A carne utilizada não é dos melhores cortes de cordeiro, mas sim dos mais baratos.

Essa era a comida do comum, dos pobres, das pessoas e esses eram os únicos cortes que eles teriam disponível. Na verdade, originalmente teria sido carneiro, mas não há nenhum açougueiro que eu conheço que admita vender carneiro atualmente.

Em qualquer caso, esses cortes são mais saborosos e o tempo de cozimento longo e lento significa que a carne está tenra de derreter no prato final.

A imagem logo acima foi tirada do nosso jantar esta noite, e a receita abaixo é a que usamos para fazê-lo. E muito delicioso também!

Ingredientes

  • 1 lb de ombro de cordeiro, cortado em cubos
  • 3 batatas médias ou 4 grandes
  • 2 cebolas médias, picadas grosseiramente
  • 2 cenouras grandes, cortadas em pedaços bem grossos
  • 3 xícaras de caldo
  • Pequena noz de manteiga
  • Salsinha
  • 2 folhas de louro
  • Raminho de tomilho
  • 1 osso de cordeiro, quanto maior, melhor
  • Sal e pimenta

O osso de cordeiro é opcional, mas adiciona muito sabor. Ele também adiciona gordura, portanto, se você usá-lo, precisará desengordurar o líquido do cozimento antes de servir o ensopado. Veja os detalhes abaixo.

Para o caldo, frango ou vegetais servem, o cordeiro é o ideal. Se você estiver usando cubos de caldo em vez de caldo feito em casa, omita o sal ao temperar & # 8211 eles já tendem a ser muito ricos em sal.

Você vai precisar de uma caçarola grande com uma tampa bem ajustada. Pré-aqueça o forno a 375ºF (190ºC / Gas Mark 5).

Dá para 3-4 pessoas para uma refeição leve. Sirva com pão fresco para enxugar o delicioso suco.

Método

Numa frigideira, derreta a manteiga em temperatura bastante alta e frite a carne até dourar por completo, cerca de 3-5 minutos. Transfira para a caçarola. Frite as cebolas na mesma frigideira por cerca de um minuto ou dois, retire-as para a caçarola antes de começarem a dourar.

Despeje metade do caldo na panela, aumente o fogo o máximo que puder e raspe a panela enquanto o caldo ferve para obter todo o suco da carne. Despeje as duas porções de caldo sobre a carne e a cebola, acrescente as folhas de louro, o tomilho e a espinha de carneiro. Tempere com um pouco de sal e pimenta. Cubra e leve ao forno por cerca de 45 minutos a uma hora.

Enquanto isso, descasque as batatas e corte as batatas médias em três pedaços e as grandes em 4 ou 5.

Retire o guisado do forno. Junte as cenouras, misturando bem com a carne, depois coloque as batatas por cima do guisado. Volte ao forno e cozinhe por mais 45 minutos ou mais & # 8211 verifique se isso é feito testando se as batatas estão cozidas.

Antes de servir retire e descarte o osso, o tomilho e as folhas de louro. Retire o líquido do cozimento e deixe repousar alguns minutos. Isso trará a gordura para o topo e permitirá que você a remova.

Eu faço isso colocando-o em uma tigela e colocando folhas duplas de papel de cozinha suavemente na superfície. Eles absorvem a gordura muito bem. Pode levar de 3 a 4 tentativas para remover tudo, dependendo de quão gorduroso era o osso.

Volte o líquido desengordurado ao ensopado, misture as batatas com o resto do ensopado e misture um punhado de salsa picada grosseiramente. Volte ao forno por cerca de 10 minutos.

Observe que o molho não está engrossado & # 8211 se você pegar um guisado com um molho espesso, pode ser muito bom, mas não é ensopado irlandês!

Existem duas maneiras pelas quais as pessoas lidam com este delicioso líquido em seu prato de jantar & # 8211 algumas pessoas amassam um pouco da batata nele para engrossar, outras deixam para o fim e depois enxugam com um pouco de pão.


Ensopado irlandês

O prato irlandês por excelência, o ensopado irlandês pode provocar discussões acaloradas entre as pessoas na Irlanda sobre seus ingredientes. Eles variam muito de receita para receita, mas todos concordam que a carne é sempre de cordeiro (ou carneiro) e deve haver cebola e batata.

Também há um consenso geral de que se você usar carne, adicionar Guinness ou, horror dos horrores, uísque, é outra coisa & # 8211 chame do que quiser, mas não chame de ensopado irlandês!

Depois disso, as coisas divergem. A maioria das pessoas diz que a cenoura é obrigatória (eu sou uma delas), outras também acrescentam uma ou mais ervilhas, nabo, nabo ou aipo. O verdadeiro purista insistirá que também deve conter cevada pérola, mas isso não seria comum hoje em dia, pelo menos.

A carne utilizada não é dos melhores cortes de cordeiro, mas sim dos mais baratos.

Esta era a comida do comum, dos pobres, das pessoas e esses são os únicos cortes que eles teriam disponível. Na verdade, originalmente teria sido carneiro, mas não há nenhum açougueiro que eu conheço que admita vender carneiro atualmente.

Em qualquer caso, esses cortes são mais saborosos e o tempo de cozimento longo e lento significa que a carne está tenra de derreter no prato final.

A imagem logo acima foi tirada do nosso jantar esta noite, e a receita abaixo é a que usamos para fazê-lo. E estava muito gostoso também!

Ingredientes

  • 1 lb de ombro de cordeiro, cortado em cubos
  • 3 batatas médias ou 4 grandes
  • 2 cebolas médias, picadas grosseiramente
  • 2 cenouras grandes, cortadas em pedaços bem grossos
  • 3 xícaras de caldo
  • Pequena noz de manteiga
  • Salsinha
  • 2 folhas de louro
  • Raminho de tomilho
  • 1 osso de cordeiro, quanto maior, melhor
  • Sal e pimenta

O osso de cordeiro é opcional, mas adiciona muito sabor. Ele também adiciona gordura, portanto, se você usá-lo, precisará desengordurar o líquido do cozimento antes de servir o guisado. Veja os detalhes abaixo.

Para o caldo, frango ou vegetais servem, o cordeiro é o ideal. Se você estiver usando cubos de caldo em vez de caldo feito em casa, omita o sal ao temperar & # 8211 eles já tendem a ser muito ricos em sal.

Você vai precisar de uma caçarola grande com uma tampa bem ajustada. Pré-aqueça o forno a 375ºF (190ºC / Gas Mark 5).

Dá para 3-4 pessoas para uma refeição leve. Sirva com pão fresco para enxugar o delicioso suco.

Método

Numa frigideira, derreta a manteiga em temperatura alta e frite a carne até dourar, cerca de 3-5 minutos. Transfira para a caçarola. Frite as cebolas na mesma frigideira por cerca de um minuto ou dois, retire-as para a caçarola antes de começarem a dourar.

Despeje metade do caldo na panela, aumente o fogo o máximo que puder e raspe a panela enquanto o caldo ferve para obter todo o suco da carne. Despeje as duas porções de caldo sobre a carne e a cebola, acrescente as folhas de louro, o tomilho e a espinha de carneiro. Tempere com um pouco de sal e pimenta. Cubra e leve ao forno por cerca de 45 minutos a uma hora.

Enquanto isso, descasque as batatas e corte as batatas médias em três pedaços e as grandes em 4 ou 5.

Retire o guisado do forno. Junte as cenouras, misturando bem com a carne, depois coloque as batatas por cima do guisado. Volte ao forno e cozinhe por mais 45 minutos ou mais & # 8211 verifique se isso é feito testando se as batatas estão cozidas.

Antes de servir retire e descarte o osso, o tomilho e as folhas de louro. Retire o líquido do cozimento e deixe repousar alguns minutos. Isso trará a gordura para o topo e permitirá que você a remova.

Eu faço isso colocando-o em uma tigela e colocando folhas duplas de papel de cozinha suavemente na superfície. Eles absorvem a gordura muito bem. Pode demorar 3-4 tentativas para remover tudo, dependendo de quão gorduroso era o osso.

Volte o líquido desengordurado ao ensopado, misture as batatas com o resto do ensopado e misture um punhado de salsa picada grosseiramente. Volte ao forno por cerca de 10 minutos.

Observe que o molho não está engrossado & # 8211 se você pegar um guisado com um molho espesso, pode ser muito bom, mas não é ensopado irlandês!

Existem duas maneiras pelas quais as pessoas lidam com este delicioso líquido em seu prato de jantar & # 8211 algumas pessoas amassam um pouco da batata nele para engrossar, outras deixam para o fim e depois enxugam com um pouco de pão.


Ensopado irlandês

O prato irlandês por excelência, o ensopado irlandês pode provocar discussões acaloradas entre as pessoas na Irlanda sobre seus ingredientes. Eles variam muito de receita para receita, mas todos concordam que a carne é sempre de cordeiro (ou carneiro) e deve haver cebola e batata.

Também há um consenso geral de que se você usar carne, adicionar Guinness ou, horror dos horrores, uísque, é outra coisa & # 8211 chame do que quiser, mas não chame de ensopado irlandês!

Depois disso, as coisas divergem. A maioria das pessoas diz que a cenoura é obrigatória (eu sou uma delas), outras também acrescentam uma ou mais ervilhas, nabo, nabo ou aipo. O verdadeiro purista insistirá que também deve conter cevada pérola, mas isso não seria comum hoje em dia, pelo menos.

A carne utilizada não é dos melhores cortes de cordeiro, mas sim dos mais baratos.

Esta era a comida do comum, dos pobres, das pessoas e esses são os únicos cortes que eles teriam disponível. Na verdade, originalmente teria sido carneiro, mas não há nenhum açougueiro que eu conheço que admita vender carneiro atualmente.

Em qualquer caso, esses cortes são mais saborosos e o tempo de cozimento longo e lento significa que a carne está tenra de derreter no prato final.

A imagem logo acima foi tirada do nosso jantar esta noite, e a receita abaixo é a que usamos para fazê-lo. E estava muito gostoso também!

Ingredientes

  • 1 lb de ombro de cordeiro, cortado em cubos
  • 3 batatas médias ou 4 grandes
  • 2 cebolas médias, picadas grosseiramente
  • 2 cenouras grandes, cortadas em pedaços bem grossos
  • 3 xícaras de caldo
  • Pequena noz de manteiga
  • Salsinha
  • 2 folhas de louro
  • Raminho de tomilho
  • 1 osso de cordeiro, quanto maior, melhor
  • Sal e pimenta

O osso de cordeiro é opcional, mas adiciona muito sabor. Ele também adiciona gordura, portanto, se você usá-lo, precisará desengordurar o líquido do cozimento antes de servir o guisado. Veja os detalhes abaixo.

Para o caldo, frango ou vegetais servem, o cordeiro é o ideal. Se você estiver usando cubos de caldo em vez de caldo feito em casa, omita o sal ao temperar & # 8211 eles já tendem a ser muito ricos em sal.

Você vai precisar de uma caçarola grande com uma tampa bem ajustada. Pré-aqueça o forno a 375ºF (190ºC / Gas Mark 5).

Dá para 3-4 pessoas para uma refeição leve. Sirva com pão fresco para enxugar o delicioso suco.

Método

Numa frigideira, derreta a manteiga em temperatura alta e frite a carne até dourar, cerca de 3-5 minutos. Transfira para a caçarola. Frite as cebolas na mesma frigideira por cerca de um minuto ou dois, retire-as para a caçarola antes de começarem a dourar.

Despeje metade do caldo na panela, aumente o fogo o máximo que puder e raspe a panela enquanto o caldo ferve para obter todo o suco da carne. Despeje as duas porções do caldo sobre a carne e a cebola, acrescente as folhas de louro, o tomilho e a espinha de carneiro. Tempere com um pouco de sal e pimenta. Cubra e leve ao forno por cerca de 45 minutos a uma hora.

Enquanto isso, descasque as batatas e corte as batatas médias em três pedaços e as grandes em 4 ou 5.

Retire o guisado do forno. Junte as cenouras, misturando bem com a carne, depois coloque as batatas por cima do guisado. Volte ao forno e cozinhe por mais 45 minutos ou mais & # 8211 verifique se isso é feito testando se as batatas estão cozidas.

Antes de servir retire e descarte o osso, o tomilho e as folhas de louro. Retire o líquido do cozimento e deixe repousar alguns minutos. Isso trará a gordura para o topo e permitirá que você a remova.

Eu faço isso colocando-o em uma tigela e colocando folhas duplas de papel de cozinha suavemente na superfície. Eles absorvem a gordura muito bem. Pode levar de 3 a 4 tentativas para remover tudo, dependendo de quão gorduroso era o osso.

Volte o líquido desengordurado ao ensopado, misture as batatas com o resto do ensopado e misture um punhado de salsa picada grosseiramente. Volte ao forno por cerca de 10 minutos.

Observe que o molho não está engrossado & # 8211 se você pegar um guisado com um molho espesso, pode ser muito bom, mas não é ensopado irlandês!

Há duas maneiras de as pessoas lidarem com este delicioso líquido em seu prato de jantar & # 8211 algumas pessoas amassam um pouco da batata nele para engrossar, outras deixam para o fim e depois enxugam com um pouco de pão.


Ensopado irlandês

O prato irlandês por excelência, o ensopado irlandês pode provocar discussões acaloradas entre as pessoas na Irlanda sobre seus ingredientes. Eles variam muito de receita para receita, mas todos concordam que a carne é sempre de cordeiro (ou carneiro) e deve haver cebola e batata.

Também há um consenso geral de que se você usar carne, adicionar Guinness ou, horror dos horrores, uísque, é outra coisa & # 8211 chame do que quiser, mas não chame de ensopado irlandês!

Depois disso, as coisas divergem. A maioria das pessoas diz que a cenoura é obrigatória (eu sou uma delas), outras também acrescentam uma ou mais ervilhas, nabo, nabo ou aipo. O verdadeiro purista insistirá que também deve conter cevada pérola, mas isso não seria comum hoje em dia, pelo menos.

A carne utilizada não é dos melhores cortes de cordeiro, mas sim dos mais baratos.

Essa era a comida do comum, dos pobres, das pessoas e esses eram os únicos cortes que eles teriam disponível. Na verdade, originalmente teria sido carneiro, mas não há nenhum açougueiro que eu conheço que admita vender carneiro atualmente.

Em qualquer caso, esses cortes são mais saborosos e o tempo de cozimento longo e lento significa que a carne está tenra de derreter no prato final.

A imagem logo acima foi tirada do nosso jantar esta noite, e a receita abaixo é a que usamos para fazê-lo. E estava muito gostoso também!

Ingredientes

  • 1 lb de ombro de cordeiro, cortado em cubos
  • 3 batatas médias ou 4 grandes
  • 2 cebolas médias, picadas grosseiramente
  • 2 cenouras grandes, cortadas em pedaços bem grossos
  • 3 xícaras de caldo
  • Pequena noz de manteiga
  • Salsinha
  • 2 folhas de louro
  • Raminho de tomilho
  • 1 osso de cordeiro, quanto maior, melhor
  • Sal e pimenta

O osso de cordeiro é opcional, mas adiciona muito sabor. Ele também adiciona gordura, portanto, se você usá-lo, precisará desengordurar o líquido do cozimento antes de servir o guisado. Veja os detalhes abaixo.

Para o caldo, frango ou vegetais servem, o cordeiro é o ideal. Se você estiver usando cubos de caldo em vez de caldo feito em casa, omita o sal ao temperar & # 8211 eles já tendem a ser muito ricos em sal.

Você vai precisar de uma caçarola grande com uma tampa bem ajustada. Pré-aqueça o forno a 375ºF (190ºC / Gas Mark 5).

Dá para 3-4 pessoas para uma refeição leve. Sirva com pão fresco para enxugar o delicioso suco.

Método

Numa frigideira, derreta a manteiga em temperatura alta e frite a carne até dourar, cerca de 3-5 minutos. Transfira para a caçarola. Frite as cebolas na mesma frigideira por cerca de um minuto ou dois, retire-as para a caçarola antes de começarem a dourar.

Despeje metade do caldo na panela, aumente o fogo o máximo que puder e raspe a panela enquanto o caldo ferve para obter todo o suco da carne. Despeje as duas porções de caldo sobre a carne e a cebola, acrescente as folhas de louro, o tomilho e a espinha de carneiro. Tempere com um pouco de sal e pimenta. Cubra e leve ao forno por cerca de 45 minutos a uma hora.

Enquanto isso, descasque as batatas e corte as batatas médias em três pedaços e as grandes em 4 ou 5.

Retire o guisado do forno. Junte as cenouras, misturando bem com a carne, depois coloque as batatas por cima do guisado. Volte ao forno e cozinhe por mais 45 minutos ou mais & # 8211 verifique se isso é feito testando se as batatas estão cozidas.

Antes de servir retire e descarte o osso, o tomilho e as folhas de louro. Retire o líquido do cozimento e deixe repousar alguns minutos. Isso trará a gordura para o topo e permitirá que você a remova.

Eu faço isso colocando-o em uma tigela e colocando folhas duplas de papel de cozinha suavemente na superfície. Eles absorvem a gordura muito bem. Pode levar de 3 a 4 tentativas para remover tudo, dependendo de quão gorduroso era o osso.

Volte o líquido desengordurado ao ensopado, misture as batatas com o resto do ensopado e misture um punhado de salsa picada grosseiramente. Volte ao forno por cerca de 10 minutos.

Observe que o molho não está engrossado & # 8211 se você pegar um guisado com um molho espesso, pode ser muito bom, mas não é ensopado irlandês!

Existem duas maneiras pelas quais as pessoas lidam com este delicioso líquido em seu prato de jantar & # 8211 algumas pessoas amassam um pouco da batata nele para engrossar, outras deixam para o fim e depois enxugam com um pouco de pão.


Ensopado irlandês

O prato irlandês por excelência, o ensopado irlandês pode provocar discussões acaloradas entre as pessoas na Irlanda sobre seus ingredientes. Eles variam muito de receita para receita, mas todos concordam que a carne é sempre de cordeiro (ou carneiro) e deve haver cebola e batata.

Também há um consenso geral de que se você usar carne, adicionar Guinness ou, horror dos horrores, uísque, é outra coisa & # 8211 chame do que quiser, mas não chame de ensopado irlandês!

Depois disso, as coisas divergem. A maioria das pessoas diz que a cenoura é obrigatória (eu sou uma delas), outras também acrescentam uma ou mais ervilhas, nabo, nabo ou aipo. O verdadeiro purista insistirá que também deve conter cevada pérola, mas isso não seria comum hoje em dia, pelo menos.

A carne utilizada não é dos melhores cortes de cordeiro, mas sim dos mais baratos.

Essa era a comida do comum, dos pobres, das pessoas e esses eram os únicos cortes que eles teriam disponível. Na verdade, originalmente teria sido carneiro, mas não há nenhum açougueiro que eu conheço que admita vender carneiro atualmente.

Em qualquer caso, esses cortes são mais saborosos e o tempo de cozimento longo e lento significa que a carne está tenra de derreter no prato final.

A imagem logo acima foi tirada do nosso jantar esta noite, e a receita abaixo é a que usamos para fazê-lo. E muito delicioso também!

Ingredientes

  • 1 lb de ombro de cordeiro, cortado em cubos
  • 3 batatas médias ou 4 grandes
  • 2 cebolas médias, picadas grosseiramente
  • 2 cenouras grandes, cortadas em pedaços bem grossos
  • 3 xícaras de caldo
  • Pequena noz de manteiga
  • Salsinha
  • 2 folhas de louro
  • Raminho de tomilho
  • 1 osso de cordeiro, quanto maior, melhor
  • Sal e pimenta

O osso de cordeiro é opcional, mas adiciona muito sabor. Ele também adiciona gordura, portanto, se você usá-lo, precisará desengordurar o líquido do cozimento antes de servir o ensopado. Veja os detalhes abaixo.

Para o caldo, frango ou vegetais servem, o cordeiro é o ideal. Se você estiver usando cubos de caldo em vez de caldo feito em casa, omita o sal ao temperar & # 8211 eles já tendem a ser muito ricos em sal.

Você vai precisar de uma caçarola grande com uma tampa bem ajustada. Pré-aqueça o forno a 375ºF (190ºC / Gas Mark 5).

Dá para 3-4 pessoas para uma refeição leve. Sirva com pão fresco para enxugar o delicioso suco.

Método

Numa frigideira, derreta a manteiga em temperatura alta e frite a carne até dourar, cerca de 3-5 minutos. Transfira para a caçarola. Frite as cebolas na mesma frigideira por cerca de um minuto ou dois, retire-as para a caçarola antes de começarem a dourar.

Despeje metade do caldo na panela, aumente o fogo o máximo que puder e raspe a panela enquanto o caldo ferve para obter todo o suco da carne. Despeje as duas porções do caldo sobre a carne e a cebola, acrescente as folhas de louro, o tomilho e a espinha de carneiro. Tempere com um pouco de sal e pimenta. Cubra e leve ao forno por cerca de 45 minutos a uma hora.

Enquanto isso, descasque as batatas e corte as batatas médias em três pedaços e as grandes em 4 ou 5.

Retire o guisado do forno. Junte as cenouras, misturando bem com a carne, depois coloque as batatas por cima do guisado. Volte ao forno e cozinhe por mais 45 minutos ou mais & # 8211 verifique se isso é feito testando se as batatas estão cozidas.

Antes de servir retire e descarte o osso, o tomilho e as folhas de louro. Retire o líquido do cozimento e deixe repousar alguns minutos. Isso trará a gordura para o topo e permitirá que você a remova.

Eu faço isso colocando-o em uma tigela e colocando folhas duplas de papel de cozinha suavemente na superfície. Eles absorvem a gordura muito bem. Pode demorar 3-4 tentativas para remover tudo, dependendo de quão gorduroso era o osso.

Volte o líquido desengordurado ao ensopado, misture as batatas com o resto do ensopado e misture um punhado de salsa picada grosseiramente. Volte ao forno por cerca de 10 minutos.

Observe que o molho não está engrossado & # 8211 se você pegar um guisado com um molho espesso, pode ser muito bom, mas não & # 8217s Irish Stew!

Há duas maneiras de as pessoas lidarem com este delicioso líquido em seu prato de jantar & # 8211 algumas pessoas amassam um pouco da batata nele para engrossar, outras deixam para o fim e depois enxugam com um pouco de pão.


Ensopado irlandês

O prato irlandês por excelência, o ensopado irlandês pode provocar discussões acaloradas entre as pessoas na Irlanda sobre seus ingredientes. Eles variam muito de receita para receita, mas todos concordam que a carne é sempre de cordeiro (ou carneiro) e deve haver cebola e batata.

Também há um consenso geral de que se você usar carne, adicionar Guinness ou, horror dos horrores, uísque, é outra coisa & # 8211 chame do que quiser, mas não chame de ensopado irlandês!

Depois disso, as coisas divergem. A maioria das pessoas diz que a cenoura é obrigatória (eu sou uma delas), outras também acrescentam uma ou mais ervilhas, nabo, nabo ou aipo. O verdadeiro purista insistirá que também deve conter cevada pérola, mas isso não seria comum hoje em dia, pelo menos.

A carne utilizada não é dos melhores cortes de cordeiro, mas sim dos mais baratos.

Essa era a comida do comum, dos pobres, das pessoas e esses eram os únicos cortes que eles teriam disponível. Na verdade, originalmente teria sido carneiro, mas não há nenhum açougueiro que eu conheço que admita vender carneiro atualmente.

Em qualquer caso, esses cortes são mais saborosos e o tempo de cozimento longo e lento significa que a carne está tenra de derreter no prato final.

A imagem logo acima foi tirada do nosso jantar esta noite, e a receita abaixo é a que usamos para fazê-lo. E estava muito gostoso também!

Ingredientes

  • 1 lb de ombro de cordeiro, cortado em cubos
  • 3 batatas médias ou 4 grandes
  • 2 cebolas médias, picadas grosseiramente
  • 2 cenouras grandes, cortadas em pedaços bem grossos
  • 3 xícaras de caldo
  • Pequena noz de manteiga
  • Salsinha
  • 2 folhas de louro
  • Raminho de tomilho
  • 1 osso de cordeiro, quanto maior, melhor
  • Sal e pimenta

O osso de cordeiro é opcional, mas adiciona muito sabor. Ele também adiciona gordura, portanto, se você usá-lo, precisará desengordurar o líquido do cozimento antes de servir o guisado. Veja os detalhes abaixo.

Para o caldo, frango ou vegetais servem, o cordeiro é o ideal. Se você estiver usando cubos de caldo em vez de caldo feito em casa, omita o sal ao temperar & # 8211 eles já tendem a ser muito ricos em sal.

Você vai precisar de uma caçarola grande com uma tampa bem ajustada. Pré-aqueça o forno a 375ºF (190ºC / Gas Mark 5).

Dá para 3-4 pessoas para uma refeição leve. Sirva com pão fresco para enxugar o delicioso suco.

Método

Numa frigideira, derreta a manteiga em temperatura bastante alta e frite a carne até dourar por completo, cerca de 3-5 minutos. Transfira para a caçarola. Frite as cebolas na mesma frigideira por cerca de um minuto ou dois, retire-as para a caçarola antes de começarem a dourar.

Despeje metade do caldo na panela, aumente o fogo o máximo que puder e raspe a panela enquanto o caldo ferve para obter todo o suco da carne. Despeje as duas porções do caldo sobre a carne e a cebola, acrescente as folhas de louro, o tomilho e a espinha de carneiro. Tempere com um pouco de sal e pimenta. Cubra e leve ao forno por cerca de 45 minutos a uma hora.

Enquanto isso, descasque as batatas e corte as batatas médias em três pedaços e as grandes em 4 ou 5.

Retire o guisado do forno. Junte as cenouras, misturando bem com a carne, depois coloque as batatas por cima do guisado. Volte ao forno e cozinhe por mais 45 minutos ou mais & # 8211 verifique se isso é feito testando se as batatas estão cozidas.

Antes de servir retire e descarte o osso, o tomilho e as folhas de louro. Retire o líquido do cozimento e deixe repousar alguns minutos. Isso trará a gordura para o topo e permitirá que você a remova.

Eu faço isso colocando-o em uma tigela e colocando folhas duplas de papel de cozinha suavemente na superfície. Eles absorvem a gordura muito bem. Pode levar de 3 a 4 tentativas para remover tudo, dependendo de quão gorduroso era o osso.

Volte o líquido desengordurado ao ensopado, misture as batatas com o resto do ensopado e misture um punhado de salsa picada grosseiramente. Volte ao forno por cerca de 10 minutos.

Observe que o molho não está engrossado & # 8211 se você pegar um guisado com um molho espesso, pode ser muito bom, mas não é ensopado irlandês!

Existem duas maneiras pelas quais as pessoas lidam com este delicioso líquido em seu prato de jantar & # 8211 algumas pessoas amassam um pouco da batata nele para engrossar, outras deixam para o fim e depois enxugam com um pouco de pão.


Ensopado irlandês

O prato irlandês por excelência, o ensopado irlandês pode provocar discussões acaloradas entre as pessoas na Irlanda sobre seus ingredientes. Eles variam muito de receita para receita, mas todos concordam que a carne é sempre de cordeiro (ou carneiro) e deve haver cebola e batata.

Também há um consenso geral de que se você usar carne, adicionar Guinness ou, horror dos horrores, uísque, é outra coisa & # 8211 chame do que quiser, mas não chame de ensopado irlandês!

Depois disso, as coisas divergem. A maioria das pessoas diz que a cenoura é obrigatória (eu sou uma delas), outras também acrescentam uma ou mais ervilhas, nabo, nabo ou aipo. O verdadeiro purista insistirá que também deve conter cevada pérola, mas isso não seria comum hoje em dia, pelo menos.

A carne utilizada não é dos melhores cortes de cordeiro, mas sim dos mais baratos.

Essa era a comida do comum, dos pobres, das pessoas e esses eram os únicos cortes que eles teriam disponível. Na verdade, originalmente teria sido carneiro, mas não há nenhum açougueiro que eu conheço que admita vender carneiro atualmente.

Em qualquer caso, esses cortes são mais saborosos, e o tempo de cozimento longo e lento significa que a carne está tenra de derreter no prato final.

A imagem logo acima foi tirada do nosso jantar esta noite, e a receita abaixo é a que usamos para fazê-lo. E muito delicioso também!

Ingredientes

  • 1 lb de ombro de cordeiro, cortado em cubos
  • 3 batatas médias ou 4 grandes
  • 2 cebolas médias, picadas grosseiramente
  • 2 cenouras grandes, cortadas em pedaços bem grossos
  • 3 xícaras de caldo
  • Pequena noz de manteiga
  • Salsinha
  • 2 folhas de louro
  • Raminho de tomilho
  • 1 lamb bone, the larger the better
  • Sal e pimenta

The lamb bone is optional, but does add a lot of flavour. It also adds fat, so if you use it you will need to de-fat the cooking liquid before you serve the stew, see below for details.

For the stock, chicken or vegetable will do, lamb is ideal. If you are using stock cubes rather than home-made stock, leave out the salt when seasoning – they tend to be very high in salt already.

You will need a large casserole dish with a tight fitting lid. Preheat the oven to 375ºF (190ºC/Gas Mark 5).

Makes enough for 3-4 people for a light meal. Serve with fresh bread rolls to mop up the delicious juice.

Método

Melt the butter in a pan over a fairly high temperature and fry the meat until it is browned all over, about 3-5 minutes. Transfer to the casserole. Fry the onions on the same pan for about a minute or two, remove them to the casserole just before they start to brown.

Pour half the stock into the pan, turn the heat up as high as it will go and scrape the pan as the stock boils to get all the meat juices. Pour both portions of stock over the meat and onions, add the bay leaves, the thyme and the lamb bone. Season with a little salt and pepper. Cover and put in the oven for about 45 minutes to one hour.

Meanwhile, peel the potatoes and cut medium sized potatoes into three pieces, large ones into 4 or 5 pieces.

Remove the stew from the oven. Add the carrots, mixing them in well with the meat, then lay the potatoes over the top of the stew. Return to the oven and cook for another 45 minutes or so – check whether it is done by testing if the potatoes are cooked through.

Before serving, remove and discard the bone, the thyme and the bay leaves. Pour off the cooking liquid and leave to stand for a few minutes. This will bring the fat to the top and allow you to remove it.

I do this by putting it in a bowl and laying double sheets of kitchen paper gently on the surface. They soak up the fat very well. It may take 3-4 goes to get it all away, depending on how fatty the bone was.

Return the defatted liquid to the stew, mix the potatoes into the rest of the stew and stir in a handful of roughly chopped parsley. Return to the oven for about 10 minutes.

Note that the sauce is not thickened – if you get a stew with a thickened sauce, it may be very nice but it’s not Irish Stew!

There are two ways people deal with this delicious liquid on their dinner plate – some people mash some of the potato into it to thicken it, others leave it till the end and then mop it up with some bread.


Irish Stew

The quintessential Irish dish, Irish stew can provoke heated discussion among people in Ireland about its ingredients. They do vary a lot from recipe to recipe, but all are agreed that the meat is always lamb (or mutton) and there must be onions and potatoes.

There is also general agreement that if you use beef, add Guinness or, horror of horrors, whiskey, it is something else – call it what you will, but don’t call it Irish stew!

After that things diverge. Most people say that carrots are a must (I am one of them), others also add one or more of peas, turnip, parsnip or celery. The real purist will insist it must also contain pearl barley, but this would not be common nowadays at least.

The meat used is not the best cuts of lamb, but the cheaper ones.

This was the food of the ordinary, poor, people and those are the only cuts they would have had available. In fact originally it would have been mutton, but there is no butcher I know who will admit to selling mutton these days.

In any case these cuts are more flavourful, and the long, slow cooking time means that the meat is meltingly tender in the final dish.

The image just above was taken of our dinner this evening, and the recipe below is the one used to make it. And very delicious it was too!

Ingredientes

  • 1 lb lamb shoulder, cut into cubes
  • 3 medium or 4 large potatoes
  • 2 medium onions, roughly chopped
  • 2 large carrots, cut into quite thick pieces
  • 3 cups stock
  • Small knob of butter
  • Salsinha
  • 2 Bay leaves
  • Sprig of Thyme
  • 1 lamb bone, the larger the better
  • Sal e pimenta

The lamb bone is optional, but does add a lot of flavour. It also adds fat, so if you use it you will need to de-fat the cooking liquid before you serve the stew, see below for details.

For the stock, chicken or vegetable will do, lamb is ideal. If you are using stock cubes rather than home-made stock, leave out the salt when seasoning – they tend to be very high in salt already.

You will need a large casserole dish with a tight fitting lid. Preheat the oven to 375ºF (190ºC/Gas Mark 5).

Makes enough for 3-4 people for a light meal. Serve with fresh bread rolls to mop up the delicious juice.

Método

Melt the butter in a pan over a fairly high temperature and fry the meat until it is browned all over, about 3-5 minutes. Transfer to the casserole. Fry the onions on the same pan for about a minute or two, remove them to the casserole just before they start to brown.

Pour half the stock into the pan, turn the heat up as high as it will go and scrape the pan as the stock boils to get all the meat juices. Pour both portions of stock over the meat and onions, add the bay leaves, the thyme and the lamb bone. Season with a little salt and pepper. Cover and put in the oven for about 45 minutes to one hour.

Meanwhile, peel the potatoes and cut medium sized potatoes into three pieces, large ones into 4 or 5 pieces.

Remove the stew from the oven. Add the carrots, mixing them in well with the meat, then lay the potatoes over the top of the stew. Return to the oven and cook for another 45 minutes or so – check whether it is done by testing if the potatoes are cooked through.

Before serving, remove and discard the bone, the thyme and the bay leaves. Pour off the cooking liquid and leave to stand for a few minutes. This will bring the fat to the top and allow you to remove it.

I do this by putting it in a bowl and laying double sheets of kitchen paper gently on the surface. They soak up the fat very well. It may take 3-4 goes to get it all away, depending on how fatty the bone was.

Return the defatted liquid to the stew, mix the potatoes into the rest of the stew and stir in a handful of roughly chopped parsley. Return to the oven for about 10 minutes.

Note that the sauce is not thickened – if you get a stew with a thickened sauce, it may be very nice but it’s not Irish Stew!

There are two ways people deal with this delicious liquid on their dinner plate – some people mash some of the potato into it to thicken it, others leave it till the end and then mop it up with some bread.


Irish Stew

The quintessential Irish dish, Irish stew can provoke heated discussion among people in Ireland about its ingredients. They do vary a lot from recipe to recipe, but all are agreed that the meat is always lamb (or mutton) and there must be onions and potatoes.

There is also general agreement that if you use beef, add Guinness or, horror of horrors, whiskey, it is something else – call it what you will, but don’t call it Irish stew!

After that things diverge. Most people say that carrots are a must (I am one of them), others also add one or more of peas, turnip, parsnip or celery. The real purist will insist it must also contain pearl barley, but this would not be common nowadays at least.

The meat used is not the best cuts of lamb, but the cheaper ones.

This was the food of the ordinary, poor, people and those are the only cuts they would have had available. In fact originally it would have been mutton, but there is no butcher I know who will admit to selling mutton these days.

In any case these cuts are more flavourful, and the long, slow cooking time means that the meat is meltingly tender in the final dish.

The image just above was taken of our dinner this evening, and the recipe below is the one used to make it. And very delicious it was too!

Ingredientes

  • 1 lb lamb shoulder, cut into cubes
  • 3 medium or 4 large potatoes
  • 2 medium onions, roughly chopped
  • 2 large carrots, cut into quite thick pieces
  • 3 cups stock
  • Small knob of butter
  • Salsinha
  • 2 Bay leaves
  • Sprig of Thyme
  • 1 lamb bone, the larger the better
  • Sal e pimenta

The lamb bone is optional, but does add a lot of flavour. It also adds fat, so if you use it you will need to de-fat the cooking liquid before you serve the stew, see below for details.

For the stock, chicken or vegetable will do, lamb is ideal. If you are using stock cubes rather than home-made stock, leave out the salt when seasoning – they tend to be very high in salt already.

You will need a large casserole dish with a tight fitting lid. Preheat the oven to 375ºF (190ºC/Gas Mark 5).

Makes enough for 3-4 people for a light meal. Serve with fresh bread rolls to mop up the delicious juice.

Método

Melt the butter in a pan over a fairly high temperature and fry the meat until it is browned all over, about 3-5 minutes. Transfer to the casserole. Fry the onions on the same pan for about a minute or two, remove them to the casserole just before they start to brown.

Pour half the stock into the pan, turn the heat up as high as it will go and scrape the pan as the stock boils to get all the meat juices. Pour both portions of stock over the meat and onions, add the bay leaves, the thyme and the lamb bone. Season with a little salt and pepper. Cover and put in the oven for about 45 minutes to one hour.

Meanwhile, peel the potatoes and cut medium sized potatoes into three pieces, large ones into 4 or 5 pieces.

Remove the stew from the oven. Add the carrots, mixing them in well with the meat, then lay the potatoes over the top of the stew. Return to the oven and cook for another 45 minutes or so – check whether it is done by testing if the potatoes are cooked through.

Before serving, remove and discard the bone, the thyme and the bay leaves. Pour off the cooking liquid and leave to stand for a few minutes. This will bring the fat to the top and allow you to remove it.

I do this by putting it in a bowl and laying double sheets of kitchen paper gently on the surface. They soak up the fat very well. It may take 3-4 goes to get it all away, depending on how fatty the bone was.

Return the defatted liquid to the stew, mix the potatoes into the rest of the stew and stir in a handful of roughly chopped parsley. Return to the oven for about 10 minutes.

Note that the sauce is not thickened – if you get a stew with a thickened sauce, it may be very nice but it’s not Irish Stew!

There are two ways people deal with this delicious liquid on their dinner plate – some people mash some of the potato into it to thicken it, others leave it till the end and then mop it up with some bread.


Assista o vídeo: Ivo Barbeiro. Câmeras Escondidas 020619 (Janeiro 2022).